Quarta-feira, 10 de Junho de 2009

Ainda Herzog

[Sobre a cena de ópera no barco em Fitzcarraldo]

Os músicos eram todos peruanos?

Sim. E lembro-me que quando estávamos no barco Kinski teve um dos seus momentos abomináveis e deu-me um pontapé de karaté no peito. Foi um golpe tão inesperado que quase caí, nesse momento nem estava a olhar para ele. Absorvi o pontapé e só mostrei uma pequena irritação, mas o coro inteiro começou a chorar. Disse-lhes: "Estamos aqui para trabalhar, enxuguem as lágrimas, já aconteceram coisas piores, não se preocupem com isto, concentrem-se em cantar".

in Sinais de Vida: Werner Herzog e o Cinema, de Grazia Paganelli

 

Fitzcarraldo foi o filme em que os extras nativos ofereceram-se para matar o demónio Kinski. Herzog considerou e declinou. Ainda precisava do homem para as restantes filmagens.


Fábio Jesus às 19:45
link | comentar | favoritos
1 comentário:
De Filipe Machado a 11 de Junho de 2009 às 21:03
Participa na sondagem "Melhor James Bond com Peter Sellers, George Lazenby, Timothy Dalton e Daniel Craig” até ao dia 15 de Julho 2009, em http://additionalcamera.blogspot.com.


Comentar post

▪ os pornógrafos

▪ pesquisar

 

▪ posts recentes

Maio

Apichatpong, dois

As quatro voltas

Apichatpong, um

Simpatias

Filmes difíceis

O adeus televisivo de uma...

Black Swan

Re-Animator

A rainha da galáxia

▪ arquivos

Junho 2011

Maio 2011

Fevereiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

▪ links

free tracking

▪ subscrever feeds