Quinta-feira, 8 de Abril de 2010

Life in a glass house

O desespero é cinzento; a esperança é luz; regra básica para se ser um grande estilista: conhecer o corpo humano; regra básica para se ser um grande realizador: saber captar o corpo humano; Jon Kortajarena é o segundo homem vivo mais bonito do mundo; Colin Firth é o primeiro; não há bons sítios para morrer; nem sítios confortáveis; morrer não é confortável; um filme com a Julianne Moore é sempre melhor do que um filme sem a Julianne Moore; uma dança pode salvar uma vida; sentir uma ligação que seja também; volta sempre ao sítio onde foste feliz.

 

(A Single Man é provavelmente o melhor filme de 2009 que vi em 2010)

tags:

Lídia Gomes às 23:38
link | comentar | favoritos

▪ os pornógrafos

▪ pesquisar

 

▪ Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

▪ posts recentes

Maio

Apichatpong, dois

As quatro voltas

Apichatpong, um

Simpatias

Filmes difíceis

O adeus televisivo de uma...

Black Swan

Re-Animator

A rainha da galáxia

▪ tags

1982(1)

1985(1)

1989(1)

2004(3)

2006(11)

2007(67)

2008(75)

2009(46)

2010(8)

2011(1)

a música é a mãe de todos os vícios(16)

a música é mãe de todos os vícios(1)

apartes(3)

arte(2)

artwork(2)

cinema(190)

concertos(25)

críticas cinema(8)

críticas literatura(1)

críticas música(1)

efemérides(1)

entrevista(1)

festivais(2)

fotografia(1)

literatura(11)

momentos "saduf! muito bom!"(9)

música(231)

musica(1)

notícias cinema(1)

notícias música(7)

notícias televisão(3)

obituário(2)

off-topic(8)

pintura(2)

promessas(2)

quem escreve assim não é gago(7)

revistas(1)

televisão(101)

tops(7)

velhas pornografias(3)

videojogos(3)

todas as tags

▪ links

free tracking

▪ subscrever feeds