Quarta-feira, 3 de Outubro de 2007

A música é a mãe de todos os vícios #14

Os X-Acto são daquelas bandas deveras especiais que transmitiram em tempos remotos (leia-se a década de 90) uma mensagem positiva. Cingindo-se a temas como a libertação animal, o straight edge, os preconceitos sociais, entre outros, o forte conteúdo lírico desta banda de hardcore ultrapassava de forma deliberada a estrutura musical das suas músicas. Era assim a sua intenção, pois o hardcore vive-se pelas suas palavras e sentimento vividos pelas bandas e pelo público, funcionado a música como uma forma de transmitir a mensagem.

 

Nesta altura, o hardcore vivido em Portugal, a par de extintas bandas como Subcaos, Alcoore, Human Beans, Simbiose (que ainda existem), era uma forte contra-cultura que sustentava um movimento de pessoas que sonhavam em mudar o mundo. Era frequente estarem presentes nestes eventos alternativos bancas de editoras DIY (Do It Yourself), comida vegetariana, fanzines, patches, e flyers com diversa informação revolucionária.

 

Embora actualmente extintos, os X-Acto tiveram uma duradoura carreira que perdurou por mais de 10 anos. Deram vários concertos por Portugal e um pouco por toda a Europa, espalhando a suas visões do mundo e crenças pessoais. Depois de a banda terminar, deram rumo a um novo projecto chamado Sannyasin. Esta banda abanou também os alicerces do hardcore português e foi considerada por muitos como uma das melhores de sempre do movimento nacional.

 

O dia 3 de Dezembro de 2004 foi uma infeliz data para todos, pois Rodrigo, vocalista dos X-Acto e Sannyasin, suicida-se, deixando para trás um legado musical que certamente perdurará no tempo.

 

O “Ritz” era para muitos um santuário, onde se realizaram centenas de concertos do género. Este vídeo (que é uma autêntica raridade e peça de colecção) mostra-vos um grande momento vivido pelas bandas e pelo público, onde todos são uma só voz. Fica então aqui a música “Para o sol brilhar”, interpretada pelos X-Acto.


Paulo Lemos

 

 

 


Lídia Gomes às 20:37

editado por Fábio Jesus em 04/10/2007 às 21:30
link | comentar | favoritos

▪ os pornógrafos

▪ pesquisar

 

▪ Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

▪ posts recentes

Maio

Apichatpong, dois

As quatro voltas

Apichatpong, um

Simpatias

Filmes difíceis

O adeus televisivo de uma...

Black Swan

Re-Animator

A rainha da galáxia

▪ tags

1982(1)

1985(1)

1989(1)

2004(3)

2006(11)

2007(67)

2008(75)

2009(46)

2010(8)

2011(1)

a música é a mãe de todos os vícios(16)

a música é mãe de todos os vícios(1)

apartes(3)

arte(2)

artwork(2)

cinema(190)

concertos(25)

críticas cinema(8)

críticas literatura(1)

críticas música(1)

efemérides(1)

entrevista(1)

festivais(2)

fotografia(1)

literatura(11)

momentos "saduf! muito bom!"(9)

música(231)

musica(1)

notícias cinema(1)

notícias música(7)

notícias televisão(3)

obituário(2)

off-topic(8)

pintura(2)

promessas(2)

quem escreve assim não é gago(7)

revistas(1)

televisão(101)

tops(7)

velhas pornografias(3)

videojogos(3)

todas as tags

▪ links

free tracking

▪ subscrever feeds