Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2008

Em Famalicão



Vale a pena dar um saltinho à Casa das Artes, este sábado, para ouvir a bela música do bastante low-key John Vanderslice, cortesia de um (quase) sempre atento Nuno Galopim. Na bagagem, um dos bons álbuns de 2007, Emerald City, mais uma prova do talento do norte-americano: música escorreita, cuidada e elegante, muito sua mas nunca ao ponto de se tornar ininteligível. Vale o preço do bilhete, nem que seja pelo momento em que se entoar o polémico grito de revolta que é Bill Gates Must Die.


Fábio Jesus às 23:54
link | comentar | favoritos
1 comentário:
De Ângela a 27 de Fevereiro de 2008 às 16:06
Tu também és uma pessoa que quer ir a todo o lado :p

Beijinho *


Comentar post

▪ os pornógrafos

▪ pesquisar

 

▪ Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

▪ posts recentes

Maio

Apichatpong, dois

As quatro voltas

Apichatpong, um

Simpatias

Filmes difíceis

O adeus televisivo de uma...

Black Swan

Re-Animator

A rainha da galáxia

▪ tags

1982(1)

1985(1)

1989(1)

2004(3)

2006(11)

2007(67)

2008(75)

2009(46)

2010(8)

2011(1)

a música é a mãe de todos os vícios(16)

a música é mãe de todos os vícios(1)

apartes(3)

arte(2)

artwork(2)

cinema(190)

concertos(25)

críticas cinema(8)

críticas literatura(1)

críticas música(1)

efemérides(1)

entrevista(1)

festivais(2)

fotografia(1)

literatura(11)

momentos "saduf! muito bom!"(9)

música(231)

musica(1)

notícias cinema(1)

notícias música(7)

notícias televisão(3)

obituário(2)

off-topic(8)

pintura(2)

promessas(2)

quem escreve assim não é gago(7)

revistas(1)

televisão(101)

tops(7)

velhas pornografias(3)

videojogos(3)

todas as tags

▪ links

free tracking

▪ subscrever feeds