Domingo, 5 de Agosto de 2007

Hoje à noite mais a Sudoeste

É com muita pena minha que, ao contrário do afortunado co-escriba pornógrafo, hoje não estarei na Zambujeira do Mar para ver uma das minhas paixões musicais do momento, os norte-americanos The National. Já referenciados amiúde nesta casa, os The National apresentarão hoje ao público português Boxer, um dos álbuns essenciais de 2007, e que confirma que por detrás de uma natureza taciturna, esconde-se uma capacidade quase inata de fazer melodias perfeitas. Pena que os nova-iorquinos se vejam confinados a um palco secundário de um Festival que não respeita minimamente um rumo homogéneo e onde parece que certas bandas foram ali colocadas "a martelo". O mesmo vale para Camera Obscura, Guillemots ou Patrick Wolf que num Festival como Paredes de Coura seriam, certamente, cabeças de cartaz...

 

Um pequeno aperitivo para mais logo, este tema Baby, We'll Be Fine, do anterior mas não tão menos genial Alligator, álbum que com certeza não será esquecido...até porque estará alguém na primeira fila rezando para que o alinhamento passe por Karen, essa música brilhante, ponto alto do longa duração de 2005. 

 

 

 

 


Lídia Gomes às 11:42
link | comentar | comentários (6) | favoritos
Domingo, 1 de Julho de 2007

Experimentalismo



Vergonhosa, a forma como foram tratados os norte-americanos The Blood Brothers, no primeiro acto do Super Bock Super Rock, na quinta-feira passada. Num dia coroado por um concerto de antologia dos Metallica, a banda de Seattle surpreendeu todos aqueles que desconheciam a sua música (como era o meu caso) combinando um pós-hardcore muito experimental (ancorado nos gritos estridentes de Jordan Blilie e Johnny Whitney) com uma atitude sem preconceitos e muito pouco convencional, e foi recebida por insultos, lenços brancos e uma chuva dos mais diversos objectos por parte de grande parte dos presentes. Ainda assim, o quinteto não se acanhou, e conseguiu uma das performances mais interessantes e corajosas do festival até ao momento. Quanto mais não seja porque teve o condão de irritar todos os pseudo-metaleiros que ali estavam única e exclusivamente para usarem os concertos de Men Eater, Stone Sour, Mastodon e afins como pretexto para libertarem os seus comportamentos mais tribais.


Fábio Jesus às 22:27
link | comentar | comentários (4) | favoritos

▪ os pornógrafos

▪ pesquisar

 

▪ Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

▪ posts recentes

Hoje à noite mais a Sudoe...

Experimentalismo

▪ tags

1982(1)

1985(1)

1989(1)

2004(3)

2006(11)

2007(67)

2008(75)

2009(46)

2010(8)

2011(1)

a música é a mãe de todos os vícios(16)

a música é mãe de todos os vícios(1)

apartes(3)

arte(2)

artwork(2)

cinema(190)

concertos(25)

críticas cinema(8)

críticas literatura(1)

críticas música(1)

efemérides(1)

entrevista(1)

festivais(2)

fotografia(1)

literatura(11)

momentos "saduf! muito bom!"(9)

música(231)

musica(1)

notícias cinema(1)

notícias música(7)

notícias televisão(3)

obituário(2)

off-topic(8)

pintura(2)

promessas(2)

quem escreve assim não é gago(7)

revistas(1)

televisão(101)

tops(7)

velhas pornografias(3)

videojogos(3)

todas as tags

▪ links

free tracking

▪ subscrever feeds